Capítulo 1: Fragmentos do Pecado ➲ Terceira Parte: No ninho do corvo.

Página 1 de 19 1, 2, 3 ... 10 ... 19  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Capítulo 1: Fragmentos do Pecado ➲ Terceira Parte: No ninho do corvo.

Mensagem  Pozo em Qua Out 29, 2014 3:22 pm



A beleza do distrito Alabaster durante a noite serve de contraste com a pobreza da maior parte da cidade, as luzes e movimentações de carruagens é intensa, eventos movimentados de uma nobreza orgulhosa, seus sorrisos e exageros chegam a incomodar aqueles que compartilham a compaixão pelos menos desafortunados e sem oportunidades que nascem na Magnimar inferior.
(...)
Depois de se prepararem em Underbridge usando os "serviços" da tavena Amigo Mercante, Brinn, Sórce, Skirish e Wolkens alcançam o Solar Heidmarch por volta das sete horas da noite, mesmo momento em que Dubaran, após seu intenso ritual também se aproxima. Após entrarem são prontamente recebidos por Sheila, seu semblante antes tranquilo e leve demonstrava alguém que ansiava pelas novidades, "O que houve com vocês? Fiquem a vontade, sentem-se e me contem tudo, nos detalhes, onde está Kaito?" Sua voz ainda assim é forte e penetrante, passando sua confiança na expectativa de boas notícias.


avatar
Pozo
Admin

Mensagens : 1095
Data de inscrição : 23/03/2014
Idade : 38
Localização : Osasco

Ver perfil do usuário http://shatteredbr.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 1: Fragmentos do Pecado ➲ Terceira Parte: No ninho do corvo.

Mensagem  Brinn Potts em Ter Nov 04, 2014 12:21 am

Intrigada pela dica do dono da estalagem, Brinn passa todo o caminho até o distrito rico de Magnimar superior tentando imaginar o que seja essa benção da lua, e então ela já está de frente para Sheila, que olha para eles como se tivesse acabado de fazer uma pergunta.
”O que é um item abençoado pela lua?” Pergunta Brinn, sem se dar conta da sua própria falta de atenção.
avatar
Brinn Potts

Mensagens : 268
Data de inscrição : 18/07/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 1: Fragmentos do Pecado ➲ Terceira Parte: No ninho do corvo.

Mensagem  Dubaran Harmusgun em Qua Nov 05, 2014 6:28 pm

Pozo escreveu: "O que houve com vocês? Fiquem a vontade, sentem-se e me contem tudo, nos detalhes, onde está Kaito?"

No momento em que Sheila termina de proferir suas últimas palavras, Dubaran adentra a sala com um semblante de renovação, representando exatamente o que havia acabado de vivenciar: uma experiência única que renovou sua alma.

"Olá, senhora Sheila. Como pode ver, eu estou aqui, mas Kaito não poderá mais nos ajudar, não no plano dos vivos..." o anão diz em tom frio e firme, como se as palavras quisessem complementar seus dizeres com expressões mais fortes.

"Sua morte não foi em vão, com as bênçãos de Ragathiel o vingamos e como consequência a alma de Natalya também foi separada de seu corpo", afirma o inquisidor enquanto entreolha seus companheiros com cara de 'vocês contaram para ela que a Natalya morreu, né?", aguardando uma resposta de Sheila e seus amigos.

avatar
Dubaran Harmusgun

Mensagens : 541
Data de inscrição : 01/04/2014
Idade : 34

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 1: Fragmentos do Pecado ➲ Terceira Parte: No ninho do corvo.

Mensagem  Skirish (Blackout) em Qua Nov 05, 2014 7:46 pm

Dubaran (lumbreras) escreveu:
"... e como consequência a alma de Natalya também foi separada de seu corpo"

Até que ele foi sutil... — Pensou consigo mesma a Meio Orc. Seus olhos buscavam reações. Principalmente as da burguesa que ali estava: Sheila. — Não conseguimos, trazê-la com vida... Estava enlouquecida. — Disse a batedora em voz alta. Não citou o que eles haviam concluido a respeito da loucura de Natalia, pois sabia que ali existiam pessoas aptas a discursar muito melhor do que ela. Falou apenas pra constar que não havia perdido a língua naquela empreitada — Embora talvez tivesse sido melhor que tivessem pensado isso e não a incomodassem mais com perguntas que não queria responder — e logo, distanciou-se dois passos do grupo, buscando ficar no último plano de visão de Sheila, sem dar as costas pra ela. — Não. Ainda não tinhamos contado... Mas ela — Disse apontando pra contratante do serviço —  ia acabar sabendo disso cedo ou tarde. — Disse, se encostando na parede, com um dos seus ombros e inclinando o corpo. Dali, ouviria o que quer que seria dito no decorrer da conversa. Ali, Brinn também falara a respeito de arma abençoada pela lua, ou arma da lua... E ela acabou recordando da conversa longa que tiveram na espelunca que estiveram anteriormente. A meio orc não sabia o que aquilo significava, mas esperava que alguém sanasse aquela dúvida.


avatar
Skirish (Blackout)

Mensagens : 373
Data de inscrição : 01/04/2014
Idade : 35
Localização : Salvador — BA

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 1: Fragmentos do Pecado ➲ Terceira Parte: No ninho do corvo.

Mensagem  Pozo em Qui Nov 06, 2014 6:45 am

"Como assim, enlouquecida?" o rosto de Sheila muda para um semblante mais inquisitivo, "Kaito, ele era um membro importante da Sociedade, uma perda irreparável, onde está seu corpo? preciso enviar para Absalom", ela fala enquanto mantém seu olhar centrado em Dubaran, esperando Wolkens se manifestar. Sem mover seu olhar ela responde a Brinn, "Quanto a sua questão, jovem Vanderlare, meu conhecimento em alquimia ou em artes arcanas, não é tão vasto ao ponto de reconhecer as ligações teúrgicas astronômicas".
avatar
Pozo
Admin

Mensagens : 1095
Data de inscrição : 23/03/2014
Idade : 38
Localização : Osasco

Ver perfil do usuário http://shatteredbr.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 1: Fragmentos do Pecado ➲ Terceira Parte: No ninho do corvo.

Mensagem  Kalnier Wolkens em Qui Nov 06, 2014 8:12 am

Desde que tinha entrado na residência de Sheila, Wolkens mantivera-se sentado em silêncio respeitoso, deixando a notícia das mortes por conta de Dubaran. Não estava mais furioso, porém o semblante estóico do anão parecia ficar cada vez mas pétreo conforme falava de Kaito. Entre a silênciosa Skirish que poupava palavras mesmo ao se manifestar, Brinn perdida em pensamentos e a pronúncia precária de Sórce, Wolkens decidiu que seria mais simples para todos se assumisse as rédeas da conversa.

Limpando a garganta de leve, Wolkens começa: "Natalya estava em um esconderijo em Underbridge, aliada a goblins." sua voz era de oficial, neutra. "Ela foi hostil desde o primeiro contato, não deu oportunidade para diálogo pacífico. Estava fora de controle. Foi lutando contra ela que o nobre Kaito caiu. Fui informado que se não fosse por seu sacrifício, talvez Natalya teria conseguido tirar a vida de todos." uma pausa respeitosa antes de continuar. "Aparentemente, o comportamento estranho de Natalya foi influenciado por um objeto mágico. Presumo que seja o item poderoso que ela havia reportado. Embora o objeto estivesse em sua posse durante a luta, não foi possível encontra-lo depois. Não estava mais com Natalya e não foi visto em lugar algum, nem mesmo com uso de magia. O esconderijo estava em ruínas, era escuro, cheio de buracos e o chão abria-se para os esgotos. Suspeitamos que alguém ou alguma coisa pequena, talvez um goblin, tenha pego este objeto depois que Natalya o deixou cair e conseguiu fugir desapercebido durante a confusão. Talvez para os esgotos. Coisas estranhas foram achadas lá em outras ocasiões."

Ele olha para Brinn por um momento antes de voltar sua atenção à Sheila. "Eu e srta. Valderale encontramos os demais pouco depois de terem batalhado Natalya, quando estavam saindo do esconderijo. E foi bem a tempo; vimos quando eles foram emboscados por estranhos e ajudamos a afastar os agressores. A líder deles fugiu, uma, hm, 'moça'..." Wolkens se restringiu de usar a palavra vulgar que estava pensando. "...que se apresentou como Skiloni, mas conseguimos capturar um dos comandados. O rapaz não sabia muito mas nos contou que Skiloni é uma das Tower Girls, e nos deu dica de contatos que podem mostrar onde ela e as demais Girls estão escondidas. Ouvimos de outra fonte que talvez seja um esconderijo fora da cidade, em um dos pilares do Irespan."

Então a voz de Wolkens fica mais gentil."Deixamos Kaito sob os cuidados de Dubaran. Como seu companheiro de lutas e um homem de fé, era a pessoa mais apropriada para cuidar do falecido com o respeito que merece."
avatar
Kalnier Wolkens

Mensagens : 387
Data de inscrição : 06/10/2014
Idade : 27
Localização : São Paulo - SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 1: Fragmentos do Pecado ➲ Terceira Parte: No ninho do corvo.

Mensagem  Pozo em Qui Nov 06, 2014 8:29 am

Sheila, observando o silêncio de todos sentiu que o peso sobre seus ombros era maior do que esperava, talvez alguns deles se culpassem pela partida de Kaito, talvez Wolkens estivesse arrependido pelo seu atraso em se reportar ao chamado, de qualquer forma aquele não era momento de culpar ninguém, "Não existem responsáveis, acalmem seus espíritos, nesse momento devem se manter coesos para continuar nessa empreitada", então, apos uma pequena pausa seu semblante inquisitivo novamente assume um ar de transcendência, e sua voz volta a passar uma sensação de controle absoluto sobre sua mente. "Algo não ficou claro pra mim. Se o item que Natalya carregava consigo desapareceu com ..., supostamente goblins, ... qual a relação com as Tower Girls? Como poderíamos recuperar esse objeto, visto que ele se mostrou extremamente perigoso, afinal, pelo que você me diz ele enlouqueceu Natalya, o que mais poderia fazer, qual seria sua força em mãos erradas? Vocês viram algum goblin fugindo? Alguma dessas criaturas que servia Natalya sobreviveu para lhes oferecer alguma pista de quem ou o que fugiu com esse item?" Embora fizesse muitas perguntas Sheila tentava ao máximo tranquilizar os seus agentes através do tom calmo e  da firmeza em sua voz.
avatar
Pozo
Admin

Mensagens : 1095
Data de inscrição : 23/03/2014
Idade : 38
Localização : Osasco

Ver perfil do usuário http://shatteredbr.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 1: Fragmentos do Pecado ➲ Terceira Parte: No ninho do corvo.

Mensagem  Dubaran Harmusgun em Qui Nov 06, 2014 9:10 am

Pozo escreveu:"Como assim, enlouquecida?" o rosto de Sheila muda para um semblante mais inquisitivo, "Kaito, ele era um membro importante da Sociedade, uma perda irreparável, onde está seu corpo? preciso enviar para Absalom", ela fala enquanto mantém seu olhar centrado em Dubaran, esperando Wolkens se manifestar. Sem mover seu olhar ela responde a Brinn, "Quanto a sua questão, jovem Vanderlare, meu conhecimento em alquimia ou em artes arcanas, não é tão vasto ao ponto de reconhecer as ligações teúrgicas astronômicas".

Dubaran se sentiu diretamente questionado por Sheila, vez que a mesma olhava para ele enquanto perguntava sobre o corpo de Kaito.

"Senhora, não será possível enviar o corpo de Kaito para Absalom, apenas suas cinzas que se encontram no templo de Iomedae, pois ele passou pelos ritos fúnebres do Guardião da Vingança e teve seu corpo cremado.", limitou-se a responder o anão.

Se dirigindo a Brinn e Sheila, o inquisidor tenta ajudá-las na solução da charada: "Peguei o assunto pela metade, mas se tivesse que dar um palpite diria se tratar de prata alquímica, uma solução utilizada em armas para revesti-las com prata.", ao perceber que parecia faltar algo em sua explicação, ele complementa: "ah, sim. Acho isso pois é algo utilizado contra licantropos que são criaturas intimamente ligadas à lua. Como disse, é só um palpite", complementa.
Know Arcana DC 10 palpite /15 certeza

Kalnier Wolkens escreveu:Desde que tinha entrado na residência de Sheila, Wolkens mantivera-se sentado em silêncio respeitoso, deixando a notícia das mortes por conta de Dubaran. Não estava mais furioso, porém o semblante estóico do anão parecia ficar cada vez mas pétreo conforme falava de Kaito. Entre a silênciosa Skirish que poupava palavras mesmo ao se manifestar, Brinn perdida em pensamentos e a pronúncia precária de Sórce, Wolkens decidiu que seria mais simples para todos se assumisse as rédeas da conversa.

Limpando a garganta de leve, Wolkens começa: "Natalya estava em um esconderijo em Underbridge, aliada a goblins." sua voz era de oficial, neutra. "Ela foi hostil desde o primeiro contato, não deu oportunidade para diálogo pacífico. Estava fora de controle. Foi lutando contra ela que o nobre Kaito caiu. Fui informado que se não fosse por seu sacrifício, talvez Natalya teria conseguido tirar a vida de todos." uma pausa respeitosa antes de continuar. "Aparentemente, o comportamento estranho de Natalya foi influenciado por um objeto mágico. Presumo que seja o item poderoso que ela havia reportado. Embora o objeto estivesse em sua posse durante a luta, não foi possível encontra-lo depois. Não estava mais com Natalya e não foi visto em lugar algum, nem mesmo com uso de magia. O esconderijo estava em ruínas, era escuro, cheio de buracos e o chão abria-se para os esgotos. Suspeitamos que alguém ou alguma coisa pequena, talvez um goblin, tenha pego este objeto depois que Natalya o deixou cair e conseguiu fugir desapercebido durante a confusão. Talvez para os esgotos. Coisas estranhas foram achadas lá em outras ocasiões."

Ele olha para Brinn por um momento antes de voltar sua atenção à Sheila. "Eu e srta. Valderale encontramos os demais pouco depois de terem batalhado Natalya, quando estavam saindo do esconderijo. E foi bem a tempo; vimos quando eles foram emboscados por estranhos e ajudamos a afastar os agressores. A líder deles fugiu, uma, hm, 'moça'..." Wolkens se restringiu de usar a palavra vulgar que estava pensando. "...que se apresentou como Skiloni, mas conseguimos capturar um dos comandados. O rapaz não sabia muito mas nos contou que Skiloni é uma das Tower Girls, e nos deu dica de contatos que podem mostrar onde ela e as demais Girls estão escondidas. Ouvimos de outra fonte que talvez seja um esconderijo fora da cidade, em um dos pilares do Irespan."

Então a voz de Wolkens fica mais gentil."Deixamos Kaito sob os cuidados de Dubaran. Como seu companheiro de lutas e um homem de fé, era a pessoa mais apropriada para cuidar do falecido com o respeito que merece."

Dubaran ouve atentamente as palavras de Wolkens, na tentativa de aprender um pouco sobre como falar com as pessoas "bah, jamais terei paciência para isso", quase pensa em voz alta.

Quando escuta o cavaleiro dizer que não localizaram o item, o anão se intromete no assunto, demonstrando, mais uma vez, sua rudeza, "Wolkens, através das bênçãos de Ragathiel eu senti a aura do artefato sim e ela formou uma trilha que levava a uma espécie de saída de esgoto ao norte do esconderijo da Natalya, só não seguimos ali, pois o lugar era extremamente pequeno", o anão finaliza com um olhar de canto de olho para Wolkens e quase simula um sorriso, como quem dissesse "e aí, mandei bem!?".

Quando o assunto sobre Kaito é retomado, Dubaran apenas move a cabeça positivamente, concordando com Wolkens.

Pozo escreveu:Sheila, observando o silêncio de todos sentiu que o peso sobre seus ombros era maior do que esperava, talvez alguns deles se culpassem pela partida de Kaito, talvez Wolkens estivesse arrependido pelo seu atraso em se reportar ao chamado, de qualquer forma aquele não era momento de culpar ninguém, "Não existem responsáveis, acalmem seus espíritos, nesse momento devem se manter coesos para continuar nessa empreitada", então, apos uma pequena pausa seu semblante inquisitivo novamente assume um ar de transcendência, e sua voz volta a passar uma sensação de controle absoluto sobre sua mente. "Algo não ficou claro pra mim. Se o item que Natalya carregava consigo desapareceu com ..., supostamente goblins, ... qual a relação com as Tower Girls? Como poderíamos recuperar esse objeto, visto que ele se mostrou extremamente perigoso, afinal, pelo que você me diz ele enlouqueceu Natalya, o que mais poderia fazer, qual seria sua força em mãos erradas? Vocês viram algum goblin fugindo? Alguma dessas criaturas que servia Natalya sobreviveu para lhes oferecer alguma pista de quem ou o que fugiu com esse item?" Embora fizesse muitas perguntas Sheila tentava ao máximo tranquilizar os seus agentes através do tom calmo e  da firmeza em sua voz.

"Isso está sendo mais difícil que rasgar alguns corpos com a minha lâmina", pensou o anão, que, até então, jamais imaginaria que iria se meter numa trama de tamanha grandeza quando aceitou participar desta empreitada.

"Sheila...", "bah, esqueci do senhora. Dane-se.", "a Natalya se filiou às Tower Girls, a relação dela com os goblins a gente ainda não sabe, mas, pelo que os outros disseram, conseguiremos mais informações e sim, tiveram capangas sobreviventes e descobriremos tudo, sem mortes em vão, sob as bênçãos de Ragathiel", pronuncia Dubaran enquanto estufa o peito e levanta sua cabeça numa postura de bravura com a clara certeza de que daria seu sangue para cumprir sua palavra.
avatar
Dubaran Harmusgun

Mensagens : 541
Data de inscrição : 01/04/2014
Idade : 34

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 1: Fragmentos do Pecado ➲ Terceira Parte: No ninho do corvo.

Mensagem  Kalnier Wolkens em Qui Nov 06, 2014 9:33 am

""O sumiço desse objeto também me encomoda." diz, desconfortável, com um incomum toque amargo na voz. "Podemos investigar os esgotos, seguir a trilha que Dubaran achou mas, para ser franco, eu não sei o quão proveitoso isso seria. Goblins são pequenos, podem se embrenhar em locais que nós mal conseguimos ver, quanto mais seguir. Perder tempo se arrastando pelos esgotos pode dar a chance desse objeto, e daquele que o leva, sumir permanentemente."

A expressão de Wolkens torna-se pensativa. "Não é nada certo, mas eu tenho algumas conjecturas." Ele se curva para frente, com os cotovelos na mesa e mãos entrelaçadas, falando lentamente. "Senhora Sheila, a senhora tinha mencionado que Natalya estava infiltrada entre as Tower Girls e, pouco depois de reportar ter encontrado esse objeto thassiloniano, ela não fez mais contato e começou a ser perseguida. Não é difícil supor que esse objeto estivesse em posse dos Sczarni e Natalya o tomou para si, talvez com intenção de traze-lo á senhora antes de acabar controlada pela magia do item. Nesse caso, os Sczarni com certeza o querem de volta, o que explica a emboscada de Skiloni. Elas vão continuar atrás desse artefato até o terem em mãos."

Wolkens começa a falar mais rápido, animado com as próprias ideias. "Agora, Natalya estava aliada com goblins, coisas covardes e gananciosas. Se foi um goblin que fugiu com o objeto, tem a chance que ele o esconda em um covil junto de outros goblins. Se for o caso, podemos usar os Szcarni a nosso favor." ele dá um sorriso mordaz. "As Tower Girls pensam que o objeto está conosco. Se deixarmos elas saberem que um goblin o levou, talvez soltando sutilmente a informação nas sombras,  elas com certeza vão começar a procurar. Elas conhecem o submundo, tem contatos, podem saber como achar goblins melhor do que nós. Mas, nós sabemos do esconderijo delas. O local para onde as Girls vão levar os tesouros valiosos que encontrarem. Podemos vigiar seu esconderijo e deixar que elas façam a busca por nós, depois tomar delas."

"Isso, é claro, se os goblins já não estivessem aliados com as Tower Girls desde o começo." ele completa, como se tivesse acabado de pensar na possibilidade. "Talvez eles seguissem Natalya por considera-la ainda parte das Girls. Nesse caso, o goblin que pegou o objeto pode tentar devolve-lo pra elas, ficando com as glórias. O que faz nosso trabalho mais simples, uma vez que encontremos o esconderijo."

"O que acham?" Wolkens olha ao redor, orgulhoso de sua perspicácia, observando a expressão de seus colegas. Decidiu não mencionar a outra hipótese que pensara, aquela em que o goblin era controlado pelo objeto da mesma maneira que Natalya foi. Não entendiam nada do funcionamento mágico daquilo, as ramificações eram diversas e duvidosas. De qualquer modo, para o pragmatismo de Wolkens, um encontro com as Tower Girls era inevitável, nem que fosse apenas para previnir outras emboscadas.
avatar
Kalnier Wolkens

Mensagens : 387
Data de inscrição : 06/10/2014
Idade : 27
Localização : São Paulo - SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 1: Fragmentos do Pecado ➲ Terceira Parte: No ninho do corvo.

Mensagem  Dubaran Harmusgun em Qui Nov 06, 2014 12:53 pm

Dubaran tenta prestar atenção em tudo que Wolkens diz, mas não compreende muito bem toda sua explanação, o cavaleiro usava de palavras demasiadamente complexas para o anão, que apenas balançava a cabeça em sinal positivo concordando com tudo que era dito.

Assim que o homem termina, o inquisidor complementa o raciocínio: "Vamos achar as Tower Girls e tirar delas algumas respostas. O que vocês combinaram com o informante?", questiona observando seus companheiros.
avatar
Dubaran Harmusgun

Mensagens : 541
Data de inscrição : 01/04/2014
Idade : 34

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 1: Fragmentos do Pecado ➲ Terceira Parte: No ninho do corvo.

Mensagem  Brinn Potts em Sex Nov 07, 2014 12:01 am

"O plano parece interessante, eu só não concordo em atacar o esconderijo delas." diz Brinn "Vai ser uma situação completamente desfavorável para nós, pois elas vão estar em um lugar que elas conhecem, com um item ao qual não sabemos o que pode fazer, e possivelmente em grande número." A jovem para por um momento, como se considerando suas opções e por fim diz "Antes de aceitar essa missão da Sheila, eu fiz uma breve e desastrosa visita aos esgotos. Um mercador havia sido sequestrado ou algo parecido e com a ajuda de um aventureiro aposentado, seguimos o rastro dessa criatura. Eu me deparei com vários goblins e por fim encontramos uma criatura que eu não não sei o que era. Eu acho que vale a pena conversar com o homem que eu salvei, e com o aventureiro que me acompanhou. Talvez eles possam nos dar mais informações sobre os esgotos, criaturas e goblins. "
avatar
Brinn Potts

Mensagens : 268
Data de inscrição : 18/07/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 1: Fragmentos do Pecado ➲ Terceira Parte: No ninho do corvo.

Mensagem  Kalnier Wolkens em Sex Nov 07, 2014 4:44 am

"Sim, é uma tarefa arriscada. Mas é para correr riscos que nós fomos chamados, não?" ele reclina-se no encosto da cadeira, um riso convencido nos lábios, mas quando volta a falar seu tom é novamente calmo, ponderado. "Não estou sugerindo que devemos disparar em carga na direção do esconderijo inimigo e usar nossas testas como aríete até derrubar a porta. O que podemos fazer, por exemplo, é esperar que um grupo delas saia e adentrar o local enquanto isso, assim teremos menos resistência para tomar o esconderijo e uma bela surpresa para quado aquele grupo voltar. Mas você está certa, Srta. Valderale, elas tem a vantagem e temo que continuarão tendo enquanto agirmos ás escuras. Claro que qualquer plano tático que fizermos agora é inútil. Por isso é essencial que encontremos esse esconderijo e deixemos alguém para vigia-lo durante algum tempo. Alguém que saiba ser discreto, perceptivo." Os olhos pálidos de Wolkens fixam em Skirish momentaneamente. "Desse modo teremos chance de conhecer o comportamento delas, suas forças e defesas. E principalmente, se há sinal que elas trabalham com goblins. Se a resposta for sim, então devemos considerar a possibilidade que nosso amiguinho que surrupiou o artefato o tenha levado de volta para as Tower Girls."

Uma pausa pensativa antes de continuar. "Srta. Valderale, essa criatura que você encontrou nos esgotos, ela parecia inteligente? Pelo menos tanto quanto um goblin? Poderia ter sido algo como aquilo que levou o artefato? As circunstânceas em que o item desapareceu são muito convenientes para serem ações de um simples monstro ou animal. Falar com esse aventureiro que mencionou é uma boa ideia. Quanto mais contatos pudermos usar, melhor. Faremos isso amanhã, depois de nosso encontro."

Wolkens volta-se para Dubaran: "Combinamos de encontrar o contato do grupo rival amanhã, as dez horas, em uma taverna. Se tudo der certo, eles podem nos dar informações, indicar o esconderijo e até vigiar o local para nós. De qualquer forma vai nos custar ouro, com certeza." e então volta-se para Sheila, explicando: "Um dos comandados sobreviventes que foi capturado por nós prometeu conseguir contato com os Wreckwash Blades. Ao que parece eles tem uma rixa com as Tower Girls. Pretendemos usar isso a nosso favor."
avatar
Kalnier Wolkens

Mensagens : 387
Data de inscrição : 06/10/2014
Idade : 27
Localização : São Paulo - SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 1: Fragmentos do Pecado ➲ Terceira Parte: No ninho do corvo.

Mensagem  Pozo em Sex Nov 07, 2014 9:03 am

Tranquila e coesa como sempre Sheila conclui com o grupo, "Muito bem, conto com vocês para descobrir mais informações sobre esse objeto, estou muito receosa quanto ao seu poder, o que pode acontecer se cair em mãos erradas. A Sociedade dos Pathfinders tem que tê-lo sob seu poder. Depois dos acontecimentos recentes em Varisia percebemos que os antigos poderes thassilonianos, o poder dos antigos senhores rúnicos, ainda pode ameaçar nosso mundo, não é algo que deve ser esquecido, deixado para trás. Nossa Loja em Magnimar é pioneira e ainda há muito escondido nas antigas obras ciclópicas que hoje encantam os viajantes. Eu sou a primeira Líder em Campo da Sociedade em toda Varisia, sinto que grande responsabilidade está sobre meus ombros e, embora nossos recursos financeiros ainda sejam limitados, quero dar todo meu apoio para vocês".

Ela então se levanta, pega uma bela caixa de madeira adornada e coloca na mesa de centro daquele cômodo, "Aqui estão as 500 peças de ouro que prometi a vocês pelo serviço ... aqueles que não quiserem continuar compreenderei, nossos destinos são diversos, e, embora a rede teluriana nos una, sei que cada um tem que trilhar seu caminho. Aqueles que quiserem continuar posso ajudar com algum recurso necessário, nada exorbitante, somente eu e meu marido, Sir Canayven Heidmarch, mantemos esse local. O que estiver ao nosso alcance podem contar conosco, infelizmente nossos anos de ação em campo passaram, assim, precisamos mais e mais de novos agentes, novos investigadores a serviço da Sociedade". Então, olhando para Dubaran continua "valorosos e honrados como Kaito", passando, em seguida, a olhar para o jovem Kalnier, "dedicados e ambiciosos  como Wolkens".

avatar
Pozo
Admin

Mensagens : 1095
Data de inscrição : 23/03/2014
Idade : 38
Localização : Osasco

Ver perfil do usuário http://shatteredbr.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 1: Fragmentos do Pecado ➲ Terceira Parte: No ninho do corvo.

Mensagem  Brinn Potts em Seg Nov 10, 2014 3:30 am

"Eu estou curiosa para ver onde tudo isso vai dar." diz Brinn Sem falar que é isso ou voltar para underbridge... "Pode contar comigo Sheila."
avatar
Brinn Potts

Mensagens : 268
Data de inscrição : 18/07/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 1: Fragmentos do Pecado ➲ Terceira Parte: No ninho do corvo.

Mensagem  Kalnier Wolkens em Ter Nov 11, 2014 5:34 am

Orgulhoso com as palavras de Sheila, Wolkens agradece o cumprimento cordialmente e olha para seus colegas ao redor da mesa. Ficou satisfeito com a prontidão de Brinn em ficar e suspeitava que Dubaram fizesse o mesmo, nem que seja apenas para vingar a morte de seu colega, mas não tinha certeza quanto aos outros dois. "Seria excelente continuar trabalhando com todos vocês." diz, em complemento ao discurso de Sheila. "Nossa missão se beneficiaria do envolvimento daqueles que já tiveram experiência com o inimigo. Especialmente quando se trata de combatentes que já provaram seu valor, como vocês." Wolkens sorri, calmo, mas por dentro sua mente já calculava as possíveis ações para os próximos dias e o desdobramento de seus planos. Aguardava com antecipação pela agradável noite de sono. Tinham muito o que fazer no dia seguinte.

Atividades de Wolkens para os próximos dias:
Não sei exatamente quantos dias vão se passar, então segue lista em ordem de prioridade:

-Encontrar os Wreckwash Blades no dia seguinte. Depois, discutir novamente suas ideias com o pessoal e planejar como seguir com a missão (isso vai depender de como as coisas acontecem. Se ninguém mais opinar e se nada de novo for apresentado no encontro com os Blades, a ideia fica a mesma: achar o esconderijo das Tower Girls, vigiar suas atividades, estudar o local, ver quantas são, se tem goblins ou outros monstrinhos, se elas estão mesmo procurando o artefato, etc etc etc.)

-Contratar um bom cavalariço para treinar minha montaria (7 dias = 1 trick?).

-Ir no mercado e ajudar a vender as armas, armaduras, bugigangas que faltavam ser vendidas, se necessário. Depois, procurar objetos para uso pessoal, principalmente um escudo, armadura melhor e universal solvent.

-Entregar as 15 peças de ouro que faltavam para o Fenster, conforme prometido.

-Ajudar a Sociedade ou outro contratante digno com taferas menores que precisem de alguém com as habilidades de Wolkens (Downtime activity: Earn 400 XP/dia. Queria fazer isso por 3 dias, se der).

-Tentar descobrir se tem algum nobre de Cheliax em Magnimar.
avatar
Kalnier Wolkens

Mensagens : 387
Data de inscrição : 06/10/2014
Idade : 27
Localização : São Paulo - SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 1: Fragmentos do Pecado ➲ Terceira Parte: No ninho do corvo.

Mensagem  Dubaran Harmusgun em Ter Nov 11, 2014 9:43 am

Ao ouvir as palavras do cavaleiro sobre o informante, Dubaran apenas coça sua barba pensativo, "maldição! Mal recebi ouro e já terei que gastá-lo!", sua expressão era de ligeiro incômodo com a situação, mas entendia que era a atitude correta naquele momento.

Assim que Sheila termina seu discurso e Wolkens se manifesta, o anão se levanta de onde está sentado e proclama aos presentes: "Pois bem! Tens a mim e a minha espada, Sheila. Quanto aos demais, será uma honra combater ao lado de vocês. Prometo, pelas chamas sagradas de Ragathiel, que darei meu suor e meu sangue para que não tenhamos mais baixas e tragamos esse artefato intacto para a Sociedade".

O inquisidor, ainda de pé, olha para os demais companheiros à espera de suas respostas.
avatar
Dubaran Harmusgun

Mensagens : 541
Data de inscrição : 01/04/2014
Idade : 34

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 1: Fragmentos do Pecado ➲ Terceira Parte: No ninho do corvo.

Mensagem  Skirish (Blackout) em Ter Nov 11, 2014 3:47 pm

Skirish analisava a situação enquanto seus companheiros conversavam abertamente. Sheila parecia muito interessada no bendito artefato que estava nas mãos de Natália quando a encontraram. Teria um Goblin passado despercebido por ela e afanado o artefato antes que ela pudesse ver? Talvez, tivesse acontecido quando ela caíra desacordada na primeira vez naquele dia... — É bem possível... — Disse ela coçando o queixo. Não demorou até que Sheila efetuou o pagamento a cada um deles que foi dividido em parcelas iguais. E Sheila novamente se ofereceu para pagá-los em mais uma busca. Dessa vez, necessitavam encontrar o artefato.

Logo, Wolkens se manifestou a favor da busca, se expressando através de palavras difíceis. Skirish apertou os olhos enquanto o observava falar. O segundo fora o Anão que de um modo duro proferiu palavras em nome do seu Deus, fazendo promessas. Segundo ele, faria o possível pra não deixar ninguém morrer novamente enquanto estivesse com ele. Skirish achava que ele fora esperto. Não prometera nada, e promessas que não podem ser cumpridas não valem de nada. — Se vai haver novo pagamento, não vou me incomodar de seguir com vocês de novo... — Disse reticente, tirando parcialmente e devolvendo sutilmente sua Espada Curta a bainha.



Descrevo depois minhas atividades. Estou um pouco perdido. Provavelmente, falta de experiencia com o sistema.
avatar
Skirish (Blackout)

Mensagens : 373
Data de inscrição : 01/04/2014
Idade : 35
Localização : Salvador — BA

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 1: Fragmentos do Pecado ➲ Terceira Parte: No ninho do corvo.

Mensagem  Pozo em Qua Nov 12, 2014 8:36 am

A noite chega no Solar Heidmarch, os incensos acendidos por Sheila relaxam os visitantes, e pouco depois o jantar é servido ao ar livre aproveitando o calor do verão em Golarion. Refrescos são oferecidos ao lado de uma farta mesa coberta com saladas e frutas, como prato principal, um enorme peixe é dividido entre todos, assado com ervas aromáticas aquela refeição talvez seja a mais exótica para alguns dentre os convidados da Sociedade. A conversa é livre e informal, um momento para todos se conhecerem melhor, um momento para experiências e vivências serem trocas, afinal, aquele grupo estava prestes a seguir junto em busca de algo desconhecido.

Qualquer um que gastou parte da noite conversando com Sheila e que quiser fazer um teste de Nobreza ou História nesse período conte com um bônus de +4 concedido por Sheila.

Depois do jantar e da conversa noturna regada a ervas, e, caso alguém se interesse, fumos diversos, Sheila oferece acomodações para todos no andar superior da mansão.






No amanhecer do dia seguinte o grupo segue novamente em direção ao "Amigo Mercante", esperando encontrar seu informante. Já naquele horário muitas crianças andam pelas ruas, descalças, brincando e aproveitando a inocência do futuro incerto que os cerca, enquanto pedintes já se acomodam no caminho para os distritos mais abastados, na esperança de uma "boa alma" os agraciar com algumas moedas de bronze.

Ao entrar na velha taverna eles observam que o local pouco movimentado, somente um velho marujo sentado no extremo do salão, aproveitando de seu café da manhã  para comer um belo peixe frito, e um jovem, com roupas sujas e rasgadas, bebendo algum tipo de destilado no balcão principal, com certeza aquela não era a primeira dose do seu dia. Um jovem humano tirava algumas teias de aranha do teto do estabelecimento com uma pinça de pescador, mas, no momento em que observa a chegada do grupo, para e entra em direção a cozinha, provavelmente indo chamar alguém para melhor atender os recém chegados.

Fiquem a vontade para descrever a noite do dia anterior, onde dormiram, o que fizeram e o dia seguinte. No caminho por Underbridge, qualquer um que consiga alcançar percepção 25 ou mais pode testar para uma melhor observação do ambiente, ou, podem seguir tranquilos sem qualquer preocupação.
avatar
Pozo
Admin

Mensagens : 1095
Data de inscrição : 23/03/2014
Idade : 38
Localização : Osasco

Ver perfil do usuário http://shatteredbr.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 1: Fragmentos do Pecado ➲ Terceira Parte: No ninho do corvo.

Mensagem  Kalnier Wolkens em Qua Nov 19, 2014 3:29 pm

Dubaran proclamou seu juramento com furor admirável, ainda que um tanto exagerado e barulhento - nada diferente do que o esperado para um anão. "Não que precise ser dito, mas minha lâmina estará a seu lado." Wolkens acrescenta, a seu modo contido, sutil, bem diferente de Dubaran. "Somos irmãos no dever. Enquanto caminharem pelo caminho da Sociedade, vocês tem a mim para tudo o que for preciso. Seja em batalha ou fora dela."

Durante o resto da noite, Wolkens aproveita para relaxar e conhecer como são seus novos companheiros fora de momentos de tensão. A chance de descansar era bem vinda, ainda mais em uma bela moradia como aquela. Claramente confortável em meio a nobreza, Wolkens aceita as mordomias oferecidas com elegância (afinal, seria errado destratar sua anfitriã), mantendo o bom humor durante toda noite.

Ou pelo menos tentando. Fazia tempo desde que pudera desfrutar de tamanho luxo. O jantar farto o lembrava de suas antigas terras em Cheliax, onde tinha sido anfitrião em diversos jantares como este, para convidados bem diferentes. Eram memórias carregadas de doce nostalgia junto com amargura, raiva e uma pitada de remorso, formando uma mistura desagradável de engolir. Wolkens logo as enterrou nos confins escuros de sua mente de onde tinham saído e tratou de focar nos assuntos discutidos à mesa.

Naquela noite, e pelo menos uma vez na vida, Wolkens deixou seu dever e missões fora da conversa. Queria saber mais sobre Sheila e sobre seu marido, escutar histórias dos bons feitos da Sociedade, sobre Magnimar, e trocar assunto com seus colegas. De onde vieram? Quais foram suas experiências? Tinham boas histórias para dividir? Sob o peso da perda de Kaito e da insegurança quanto ao que estava por vir, o cavaleiro se esforçava em manter um clima leve. Alguns deles ainda lhe pareciam cheios de dúvidas e isso seria ruim para todos. Queria formar um senso de união.

Se lhe perguntarem, Wolkens conta um pouco sobre si mesmo, sobre seu tempo viajando com a Sociedade, mas é relutante em entrar em detalhes sobre sua vida antes da estrada. Não se preocupava em manter aquilo como segredo, era só que tal assunto trazia de volta as emoções desconfortáveis que o cavaleiro tanto queria evitar. Se tiver oportunidade e os outros parecerem interessados, Wolkens também compartilha antigas histórias e contos. Não chegava aos pés de um bardo, mas era seu tópico predileto e muito lhe agradava entreter outros com aquilo que sabia.

O cavaleiro fica desperto até que todos os demais se recolham ou até que sua exaustão vença seu bom humor, o que acontecer primeiro. Então ele se retira para o quarto que Sheila tão gentilmente cedeu e dorme despreocupadamente.

No dia seguinte, já com sua armadura e seu arsenal às costas, Wolkens acompanha seus colegas até o Amigo Mercante. Dentro do estabelecimento, ele observa o rapaz correr para a cozinha e para em frente ao balcão, esperando por um atendente. Como antes, agora sem rodeios, tomava a iniciativa para agir como porta voz do grupo.
avatar
Kalnier Wolkens

Mensagens : 387
Data de inscrição : 06/10/2014
Idade : 27
Localização : São Paulo - SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 1: Fragmentos do Pecado ➲ Terceira Parte: No ninho do corvo.

Mensagem  Dubaran Harmusgun em Seg Nov 24, 2014 12:24 pm

Os cheiros exalados pelos incensos agradavam Dubaran, que também gostou da ideia do jantar ao ar livre, onde ficaria mais confortável diante do calor do verão. "Refrescos? Onde fica a cerveja?", questionou o anão sem muitos modos, como de costume.

O inquisidor fica inquieto até que a cerveja chegue a ele, momento no qual abre um sorriso, gesto raro por parte dele, diga-se de passagem. Após muitos goles da bebida, Dubaran se empolga contando histórias de seus combates em Serpent's Run e como seu pai o ensinou a arte da forja, onde cada marretada no aço é executada com maestria por cada membro de sua família.

Ele não se interessava muito pelos assuntos da nobreza, gostava mais de ação e sempre que possível conversava sobre combates e aventuras com quem estivesse disposto a ouvir uma boa história de um anão bêbado.

Quando já estava pra lá de embriagado, Dubaran aceitou um pouco das "ervas" oferecidas por Sheila, o que foi o estopim para que ele dormisse por ali mesmo, recostado em algum canto no próprio chão do lugar. drunken

Graças à robustez nata de sua raça, o anão acorda sem um pingo de ressaca e cumprimenta os demais apenas com um "e aê...", confere suas tralhas, o fio de sua lâmina e parte para o "Amigo Mercante" junto aos seus companheiros, liderados por Wolkens, que parece ter maior trato com as pessoas e chamou para si a resposabilidade de responder pelo grupo.
avatar
Dubaran Harmusgun

Mensagens : 541
Data de inscrição : 01/04/2014
Idade : 34

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 1: Fragmentos do Pecado ➲ Terceira Parte: No ninho do corvo.

Mensagem  Brinn Potts em Seg Nov 24, 2014 11:33 pm

Durante o jantar, Potts come de tudo um pouco, mais para relembrar o gosto da comida do que para saciar o apetite. Apesar de tentar não demonstrar, ela fica atenta ao que os outros estão conversando ao seu redor, e sempre que, por algum motivo algum deles a inclui no assunto, de uma maneira sutil, ela desvia a atenção para outra pessoa. Na primeira oportunidade entretanto, ela se retira para o seu quarto.

Brinn já não se lembrava da ultima vez que tinha estado em um local tão limpo quanto esse e bonito quanto esse. Seu próprio quarto no solar dos Vanderale era de fato mais pomposo, mas menos aconchegante.

A cama é muito confortável, e o sono não vem, por mais que tente. Por fim, só conseguiu dormir quando se sentou no chão, encostada na parede, cobrindo-se com os panos que estavam em cima da cama, em sua mão, uma adaga.

==//==
Pela manhã, ela toma café e prepara-se para visitar o amigo mercante.

Percepção 8+9 (+11 dim light)
avatar
Brinn Potts

Mensagens : 268
Data de inscrição : 18/07/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 1: Fragmentos do Pecado ➲ Terceira Parte: No ninho do corvo.

Mensagem  Pozo em Qui Nov 27, 2014 8:38 am

Depois de alguns segundos a jovem atendente meio-elfa, que os recebeu no dia anterior, se aproxima com um belo sorriso em seu rosto amanhecido. "Bom dia meus queridos, bom ver vocês aqui novamenti, querem um quartu ou apenas um lugar para si sentar i tomar um belu café?", falou ajeitando algumas cadeiras numa mesa retangular próximo a janela do estabelecimento. Então terminou "Cassimeel não está no momentu".
avatar
Pozo
Admin

Mensagens : 1095
Data de inscrição : 23/03/2014
Idade : 38
Localização : Osasco

Ver perfil do usuário http://shatteredbr.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 1: Fragmentos do Pecado ➲ Terceira Parte: No ninho do corvo.

Mensagem  Kalnier Wolkens em Sex Nov 28, 2014 6:22 am

"Bom dia." Wolkens a cumprimenta com a cordialidade distante de sempre. "Apenas uma mesa desta vez. Estamos esperando mais companhia."
O cavaleiro observa o estabelecimento por mais pessoas. Cedo como era, teriam o lugar para si, vazio, para discutir com os tais Wreckblades.
avatar
Kalnier Wolkens

Mensagens : 387
Data de inscrição : 06/10/2014
Idade : 27
Localização : São Paulo - SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 1: Fragmentos do Pecado ➲ Terceira Parte: No ninho do corvo.

Mensagem  Dubaran Harmusgun em Sex Nov 28, 2014 8:36 am

Ao ouvir as palavras da mulher que os recepcionou, Dubaran se aproxima de Wolkens e resmunga para que apenas ele ouça: "Quem é esse ou essa Cassimeel? E essa mestiça que nos atendeu?"
avatar
Dubaran Harmusgun

Mensagens : 541
Data de inscrição : 01/04/2014
Idade : 34

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 1: Fragmentos do Pecado ➲ Terceira Parte: No ninho do corvo.

Mensagem  Kalnier Wolkens em Sex Nov 28, 2014 12:29 pm

Depois que a atendente se retira ou em um momento que ela estiver mais distante, Wolkens fala discretamente a Dubaran: "Cassimeel é o dono deste estabelecimento. Ele nos deu informações úteis e foi prestativo para negociar. Vamos usar da descrição dele e de seus empregados para tratar com o informante.".
avatar
Kalnier Wolkens

Mensagens : 387
Data de inscrição : 06/10/2014
Idade : 27
Localização : São Paulo - SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 1: Fragmentos do Pecado ➲ Terceira Parte: No ninho do corvo.

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 19 1, 2, 3 ... 10 ... 19  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum